Monthly Archives: May 2014

Desatino 37

Desatino / 37 [Uma nova categoria de doença mental]  

 

»»»»» Um amigo, neoempregado numa empresa empreendedora, vou crer que em desespero de causa, talvez ambos, o amigo e a empresa, gritava-meao telemóvel a sua ideia em crescendo sobre o seu chefe na empresa:

»»»»» — Há os maníacos, há os paranóicos, há os psicóticos e há os chefes!

 

António Sá

[08.05.2014]

Desatino 36

Desatino / 36 [Pensamentos positivos]

 

»»»»» Melancolicamente sentado a uma esplanada, belo dia de verão-antecipado, ouço o monólogo de um passante, rapaz nédio, que comenta para o companheiro franzinamente elevando o fumo de um cigarro à boca:

»»»»» — O que eu preciso é dar cabo daquela gaja! Arrumá-la logo pra um canto!

 

António Sá

[07.04.2014 / 10.04.2014]

Desatino 35

Desatino / 35 [O jardim do tio]

 

»»»»» Leio, num paredão delimitante do terminal de trens da estação de Santa Apolónia, logo abaixo de um cursivo de siglas indecifráveis, arabescos por hipótese arabizantes, a frase:

»»»»» Mijei na fronteira da sombra e da luz no jardim do meu tio

»»»»» A fechar tal proposição de contorno místico-abjeccionista, a assinatura: desenho da letra c em breve esboço, um fechado círculo a circunscrevê-la.

 

António Sá

[07.04.2014 / 10.04.2014]