Tag Archives: desatino

Desatino 69

Desatino / 69 [Caldeirada]   

 

»»»»» Típico morcão lusitano, na sua trintena semiobesa, espessamente auto-suficiente, explica indignado aos seus três compadres grunhos:

»»»»» — Eu vou telefonar para ela, e vai haver caldeirada!… Vai haver, vai!…

 

António Sá

[23.03.2016]

Advertisements

Desatino 50

Desatino / 50 [A crosta e o pus]      

 

»»»»» Ouvido a um cliente, numa tasca do Cais do Sodré, comentando outro cliente de saída:

»»»»» — Lá vai ele escavar na cona da puta: primeiro a crosta, depois o pus.

»»»»» Primeiro estranhei, chocou-me a escatologia crua do conceito, mas logo se me entranhou: intuí aí a metáfora exacta das ingentes tarefas presentes e futuras dos políticos e governantes portugueses: “escavar na cona da puta”.

António Sá

[16.03.2015]

Desatino 49

Desatino / 49 [Viste-os?]

 

»»»»» Estava distraído, virado para a montra de um antiquário, e não vi passar um casal conhecido, que me cumprimentara, claro que sem retribuição. O amigo que me acompanhava chamou-me a atenção:

»»»»» — Tu nem os viste! Eles cumprimentaram-te…

»»»»» — Schhhh… foi. Eu nem os viste.

António Sá

[05.03.2015]

Desatino 48

Desatino / 48 [Despenhados]           

 

»»»»» Uma das excelentes e delinquentes Câmaras Municipais que muitas existem no mundo constituído, instituído, estatuído e estabelecido, despeja, enquanto função e hábito que são os delas, Câmaras Municipais, um casal de meia-idade, e mulher e marido protestam aflitos protestos para as câmaras televisivas. A mulher diz que para onde é que vão? Não vão dormir pra debaixo da ponte, com os filhos pequenos!

»»»»» E o pai, voz aguda, entorpecida, explica:

»»»»» — Despenham-nos assim, sem mais nem menos…

 

António Sá

[29.12.2014]

Flash marxista 3

Flash marxista / 3 [Marx ainda?]

 

»»»»» Peço desculpa a um amigo por me ter excedido na impaciência a argumentar contra uma película que tínhamos visto, e sai-me ou imagino agora retrospectivamente que me saiu esta frase:

»»»»» — Eu, no teu lugar, não teria tido paciência para me aturar a mim mesmo!

»»»»» E logo me interroguei se esta não seria uma tirada de Groucho Marx, em algum dos seus filmes. Em todo o caso, se ele nunca a disse, bem poderia tê-la dito, creio.

 

António Sá

[19.07.2012]

Flash marxista 2

Flash marxista / 2 [Marx dixit]

 

»»»»» Retive uma tirada de Groucho Marx que expõe as dimensões incomensuráveis, abyssais do seu auto-conhecer-se. Não me lembro em que filme ocorre, nem como soa no inglês marxista, mas em português corresponderia a isto:

»»»»» “Não aceito ser sócio de um clube que me aceite como sócio.”

 

António Sá

[04.03.2012]